Elida Almeida cativou no 47º Festival Cervantino

Guanajuato , Guanajuato

  • LGBT

  • Mochila

  • Familiar

  • Par

Archivo FIC 2019

A cantora africana Elida Almeida cativou com sua voz os participantes da Alhóndiga de Granaditas, durante sua apresentação no 47º Festival Internacional Cervantino.

Almeida, natural de Cabo Verde, chamou a atenção do público com sua música, com ritmos populares de grande tradição africana, surgidos desde os anos de escravidão. Além disso, mantém a tradição Tabanka que trabalha a música e as antigas danças africanas.

A lenda do rock argentino, Fito Páez, mais uma vez conquistou o público mexicano, desta vez em sua apresentação no 47º Festival Internacional de Cervantino, acompanhado pela Orquestra Sinfônica da Universidade de Guanajuato.

Paez fez todos vibrarem em seus lugares na Alhóndiga de Granaditas, em uma das apresentações mais esperadas do pôster deste ano em Cervantino.

O "Festival Cervantino", que recebeu esse nome em homenagem a Miguel de Cervantes Saavedra, autor de "Don Quijote de La Mancha", é caracterizado por apresentar artes cênicas do mundo todo compartilhando a paixão pelas belas artes.

As propostas artísticas são apresentadas em ambientes fechados e ao ar livre, em praças, teatros, museus, igrejas e edifícios históricos.

O festival é muito completo e dura quatro semanas. Aproveite a variedade oferecida por "El Cervantino": teatro, ópera, dança, artes visuais, cinema, literatura, oficinas, exposições e conferências. 

Sigue nuestra Playlist

Descubre cómo suena México y recorre los rincones más hermosos de nuestro país a través de su ritmo